Home Brasil Vídeo: PM de SP agride homem com cotovelada; vítima estava doando roupas | CNN Brasil

Vídeo: PM de SP agride homem com cotovelada; vítima estava doando roupas | CNN Brasil

por carolinagomes
0 Comente
video:-pm-de-sp-agride-homem-com-cotovelada;-vitima-estava-doando-roupas-|-cnn-brasil

Um vídeo registrado por câmeras de segurança flagrou o momento em que um policial militar fardado desfere uma cotovelada no rosto de um homem em uma padaria de Jacareí, no Vale do Ribeira, em São Paulo. O caso aconteceu na noite da última quarta-feira (24), e a vítima, Kelvyn Alexsander Barbosa Nunes, de 27 anos, teve o nariz quebrado e fraturas na face.

Segundo relato da irmã de Kelvyn, ele foi ao estabelecimento, no bairro de Avareí, com sua mulher e filha, uma criança de colo, para entregar uma sacola de roupas que havia separado para doar para uma funcionária da padaria que seria avó. O PM estava parado aguardando para receber seu pedido e, ao ver o homem se aproximar do balcão para falar com a atendente, teria alegado que ele estava furando a fila.

Kelvyn teria tentado explicar que não ia comprar nada e queria apenas entregar a sacola com as roupas. Porém, como mostram as imagens, o policial se aproxima dele e desfere uma cotovelada no rosto da vítima, que sai desnorteada.

Ainda conforme o relato da irmã, ele foi socorrido pelo gerente da padaria e levado ao hospital. Na tarde de ontem (25), Kelvyn recebeu alta da Santa Casa de Jacareí, onde precisou receber pontos no rosto. Ele teve o nariz quebrado e fraturas na face. Segundo a irmã, ele passará por uma reavaliação para saber se vai precisar de cirurgia.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) afirmou que o caso foi registrado como lesão corporal pelo 3º Distrito Policial da cidade, que requisitou exame de corpo de delito para a vítima.

“A Polícia Militar afastou, temporariamente, o policial envolvido na ocorrência das funções operacionais. A PM ressalta que não compactua com desvio de conduta e um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para apuração dos fatos”, completa.

A CNN também entrou em contato com a Ouvidoria da Polícia Militar e aguarda retorno.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.