Home Mundo Saiba quem é novo chefe do exército da Ucrânia, treinado no regime soviético | CNN Brasil

Saiba quem é novo chefe do exército da Ucrânia, treinado no regime soviético | CNN Brasil

por marianacatacci
0 Comente
saiba-quem-e-novo-chefe-do-exercito-da-ucrania,-treinado-no-regime-sovietico-|-cnn-brasil

O coronel-general Oleksandr Syrskyi, que lidera as forças terrestres da Ucrânia desde 2019, foi promovido a comandante das forças armadas na quinta-feira (8), enquanto a guerra com a Rússia se aproxima do seu terceiro ano. Ele substitui Valeriy Zaluzhnyi.

Descubra alguns fatos sobre Syrskyi, uma figura chave da Ucrânia durante a invasão em grande escala da Rússia.

Estudou com comandantes russos

Syrskyi nasceu em julho de 1965 na região russa de Vladimir, que então fazia parte da União Soviética. Ele mora na Ucrânia desde a década de 1980. Como muitas pessoas da sua idade nas forças armadas da Ucrânia, ele estudou em Moscou – na Escola Superior de Comando Militar – entre colegas que desde então se tornaram comandantes russos, graduando-se em 1986 e servindo durante cinco anos no Corpo de Artilharia Soviético. Alguns analistas militares acreditam que suas táticas no campo de batalha refletem seu treinamento hierárquico soviético.

Leopardo da neve

Syrskyi tornou-se chefe das forças terrestres da Ucrânia em 2019. Anteriormente, ele havia comandado tropas ucranianas que lutavam contra uma insurgência apoiada por Moscou nas regiões orientais de Donetsk e Luhansk, que começou em 2014, e recebeu o indicativo de “Leopardo da neve”.

Nomeado Herói da Ucrânia

Algumas das maiores vitórias da Ucrânia na invasão em grande escala da Rússia foram supervisionadas por Syrskyi. Ele liderou a defesa bem-sucedida da capital Kiev nos primeiros meses e foi nomeado Herói da Ucrânia, a maior honraria do país, em abril de 2022. Em julho de 2022, Syrskyi planejou e executou uma contraofensiva relâmpago que afastou as tropas russas da cidade de Kharkiv e retomou áreas de terra a leste e sudeste.

Enfrentou o grupo Wagner

No início do ano passado, Syrskyi liderou a defesa da cidade de Bakhmut, no leste da Ucrânia, onde milhares de soldados de ambos os lados foram mortos numa das batalhas mais sangrentas da guerra até agora. Alguns analistas militares questionaram se lutar por uma cidade em ruínas valia a pena tantos mortos e feridos. Syrskyi disse que a defesa obstinada de Bakhmut pela Ucrânia prejudicou o esforço de guerra geral da Rússia enfrentar o grupo mercenário Wagner.

Moral da tropa

Syrskyi diz que sua prioridade é o moral de suas tropas, que ele visita regularmente no front. Ele disse à mídia ocidental que dorme quatro horas e meia por noite e relaxa indo à academia. Syrskyi é casado e tem dois filhos.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.