Home Politica Projeto fixa teto para fundo garantidor do Fies

Projeto fixa teto para fundo garantidor do Fies

por admin
0 Comente
projeto-fixa-teto-para-fundo-garantidor-do-fies
Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados
Discussão e votação de propostas. Dep. Eduardo Bismarck (PDT-CE)
O deputado Eduardo Birmark é o autor da proposta

O Projeto de Lei 2750/23 cria teto de 25% para aporte das universidades ao Fundo Garantidor do Fundo de Financiamento Estudantil (FG-Fies). Em análise na Câmara dos Deputados, a proposta altera a Lei do Fies.

O Fies financia até 100% da mensalidade de instituições de ensino superior e atende estudantes com renda familiar de até três salários mínimos mensais.

Hoje, as universidades já são obrigadas a aportar 25% sobre a inadimplência ou evasão de estudantes até o quinto ano do contrato com o Fies. Mas a partir do sexto ano, esse percentual passa a refletir a carteira de financiamentos e o desempenho de cada universidade, observado o piso de 10% e o teto de 27,5%. Ou seja, quanto maior a inadimplência, maior a taxa de contribuição ao FG-Fies.

Com a proposta do deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE), essa contribuição não poderá ser superior a 25% nem inferior a 10%. Segundo ele, esse ajuste permitirá a continuidade da participação das universidades no fundo.

“Uma contribuição ao fundo garantidor superior a 25% se torna incompatível com a realidade de muitas dessas instituições, em sua maioria de pequeno porte”, afirma Bismarck. Ele ressalta ainda que, em vários casos, o Fies é uma das principais alavancas para captação de novos estudantes por essas instituições.

Tramitação
A proposta será analisada de forma conclusiva pelas comissões de Educação; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

  • Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.