Home Brasil Pistolas de água estão proibidas no Carnaval da Bahia e serão recolhidas nos portais de abordagem da polícia | CNN Brasil

Pistolas de água estão proibidas no Carnaval da Bahia e serão recolhidas nos portais de abordagem da polícia | CNN Brasil

por RIGUE
0 Comente
pistolas-de-agua-estao-proibidas-no-carnaval-da-bahia-e-serao-recolhidas-nos-portais-de-abordagem-da-policia-|-cnn-brasil

As pistolas de água utilizadas por foliões estão com os dias contados no Carnaval da Bahia. A lei que proíbe o uso do objeto, e também similares, em festas populares ocorridas em todo o estado foi sancionada pelo Governo da Bahia nesta segunda-feira (29).

O evento aconteceu no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador. Na cerimônia de assinatura da lei nº 14.584, o governador Jerônimo Rodrigues afirmou que as armas de brinquedo munidas de água serão recolhidas pelas forças de segurança logo nos portais de abordagem e acesso dos circuitos do Carnaval.

“As medidas são para acabar com esta prática. O nosso principal objetivo é criar um ambiente de tranquilidade e entendimento das pessoas, para que internalizem que essa não é mais uma prática aceitável e liberada”, destacou.

De acordo com o decreto, haverá fiscalização e os equipamentos serão recolhidas durante a folia, tanto na capital baiana como também em outras festas populares de rua em todo o estado.

A titular da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Elisângela Araújo, ressaltou que a projeto tem o objetivo de garantir a segurança das mulheres nas festas populares e classificou o dia como histórico.

“Quero agradecer a sensibilidade do governador, da deputada Olívia [Santana] e de todos os parlamentares, que aprovaram por unanimidade. A gente acredita na prevenção e na sensibilização das pessoas para acabar com esse tipo de violência machista e misógina dentro do nosso Carnaval, que é uma festa linda e o mundo ama”, disse a secretária.

Ainda segundo o governo do estado, diálogos também já foram realizados com diretorias de blocos, agremiações e demais organizações vinculadas à folia baiana, para que adotem meios de impedir o uso das pistolas, com campanhas educativas e penalidades.

Um dos blocos que os integrantes costumam mais utilizar esse objeto no desfile do trio, é “As Muquiranas”. O Ministério Público da Bahia (MP-BA) firmou com esse bloco um termo de ajustamento de condutas (TAC) como ação de prevenção e enfrentamento à violência contra as mulheres. As pistolas de água recolhidas serão encaminhadas, através da SPM, para cooperativas de reciclagem lideradas por mulheres.

Relembre

Em 2023, uma mulher foi agredida por foliões do tradicional bloco “As Muquiranas”, durante o Carnaval de Salvador, em um trecho do circuito no Campo Grande. Em um vídeo, é possível ver que a vítima é cercada e, além de ser atingida por jatos de água, é empurrada várias vezes. A mulher não consegue escapar até a chegada de agentes da Guarda Civil Municipal.

As imagens foram feitas na terça-feira (21), último dia da folia, e viralizou. O público criticou o comportamento, considerado assédio, desrespeito e passou longe de ser uma brincadeira. Na época, foram cobradas ainda atitudes do poder público.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.