Home Brasil Operação prende cinco suspeitos de envolvimento na morte de estudante da UFRGS na Ilha das Flores | CNN Brasil

Operação prende cinco suspeitos de envolvimento na morte de estudante da UFRGS na Ilha das Flores | CNN Brasil

por RIGUE
0 Comente
operacao-prende-cinco-suspeitos-de-envolvimento-na-morte-de-estudante-da-ufrgs-na-ilha-das-flores-|-cnn-brasil

As autoridades policiais do Rio Grande do Sul deflagraram uma operação, na terça-feira (6), que prendeu cinco suspeitos de envolvimento no assassinato de uma estudante e de um homem na Ilha das Flores, em Porto Alegre, no dia 23 de janeiro.

A chamada Operação Flor de Lótus, que uniu forças da Polícia Civil, Brigada Militar e Polícia Penal gaúchas, cumpriu 15 ordens judiciais, sendo cinco mandados de prisão e 10 mandados de busca e apreensão. Além das prisões, foram apreendidos telefones celulares, capacetes dos executores e vestimentas que teriam sido utilizadas durante o crime.

O objetivo da ação é esclarecer a morte da estudante paulista de 28 anos Sarah Silva Domingues, que cursava Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Em coletiva de imprensa, o Delegado Fernando Antônio Sodré de Oliveira comunicou o fim da 1ª fase da investigação, com a prisão dos mandantes e dos executores do crime. “Agora, no segundo momento, vamos prosseguir com mais elementos probatórios que foram colhidos hoje a partir das buscas realizadas”, afirmou.

Relembre o caso

A estudante Sarah Silva Domingues, de 28 anos, foi morta a tiros na terça-feira (23), enquanto fazia uma pesquisa de campo na Ilha das Flores, no Bairro Arquipélago, em Porto Alegre. Sarah era paulistana e cursava Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Colegas da estudante publicaram mensagens de despedida nas redes sociais, informando que Sarah estava na Ilha das Flores tirando fotos para seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), quando foi alvejada.

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu no começo da noite, quando dois indivíduos passaram em uma moto e efetuaram disparos na frente de um estabelecimento comercial.

Além de Sarah, um homem de 53 anos também morreu. O delegado Thiago Lacerda revelou que o homem tinha antecedentes criminais por porte de arma e ameaça, que a princípio seria o alvo da investida.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.