Home Mundo Número de palestinos mortos por ataques de Israel em Gaza ultrapassa 27 mil, diz Ministério da Saúde  | CNN Brasil

Número de palestinos mortos por ataques de Israel em Gaza ultrapassa 27 mil, diz Ministério da Saúde  | CNN Brasil

por gustavozanfer
0 Comente
numero-de-palestinos-mortos-por-ataques-de-israel-em-gaza-ultrapassa-27-mil,-diz-ministerio-da-saude -|-cnn-brasil

O número de palestinos na Faixa de Gaza mortos por ataques israelenses em curso aumentou para 27.585, com 66.978 outros feridos, segundo dados do Ministério da Saúde, administrado pelo Hamas.

Num comunicado à imprensa na terça-feira (6), o ministério disse que as forças israelenses mataram 107 palestinos e feriram outros 143 nas últimas 24 horas.

Algumas vítimas permanecem sob os escombros devido aos pesados ​​bombardeios e à falta de equipes de defesa civil e de ambulâncias, acrescentou o ministério.

A Sociedade do Crescente Vermelho Palestino disse em um comunicado que evacuou cerca de 8.000 pessoas deslocadas do Hospital Al Amal e de sua sede em Khan Yunis após um cerco de 10 dias. Apenas 40 idosos deslocados, cerca de 80 doentes e feridos e 100 funcionários administrativos e médicos permaneceram no interior, afirmou o comunicado.

Paramédicos palestinos disseram que as forças israelenses mataram quatro palestinos em um ataque a uma casa no bairro de Al-Salam, em Rafah, no sul de Gaza. Rafah é o último refúgio para cerca de metade dos 2,3 milhões de pessoas em Gaza deslocadas em busca de um lugar mais seguro.

As Forças de Defesa de Israel (FDI) anunciaram na noite de terça-feira que um soldado israelense foi morto no norte da Faixa de Gaza, elevando para 226 o número de mortos em operações militares terrestres israelenses na Faixa de Gaza.

Segundo o comunicado divulgado pelas FDI, a última vítima é um vice-comandante de batalhão do corpo de engenharia.

As FDI também anunciaram na terça-feira que conduziram operações militares perto de Khan Yunis, no sul da Faixa de Gaza, bem como nas partes norte e central da região, resultando na morte de dezenas de militantes do Hamas.

Médicos e outras pessoas cavam uma vala comum para mortos no pátio do Hospital Al-Shifa em Gaza em 14 de novembro de 2023 / Khader Al Za’anoun/CNN

Além disso, navios de guerra israelenses lançaram ataques a alvos do Hamas na Faixa de Gaza a partir do mar no mesmo dia.

A Corporação Pública de Radiodifusão de Israel informou, citando altos funcionários militares israelenses, que Israel completou a formulação dos seus planos relevantes, e as operações militares na Faixa de Gaza não “terminarão no curto prazo”, com expectativas de que continuem até 2025.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.