Home Brasil Novas imagens mostram dirigente do Flamengo agredindo entregador | CNN Brasil

Novas imagens mostram dirigente do Flamengo agredindo entregador | CNN Brasil

por fabiomunhoz
0 Comente
novas-imagens-mostram-dirigente-do-flamengo-agredindo-entregador-|-cnn-brasil

Novas imagens que fazem parte do processo de agressão contra o vereador e vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, desmentem a versão apresentada pelo dirigente em entrevistas.

O vídeo, ao qual a CNN teve acesso, mostra que a filha de Braz não presenciou a confusão com o entregador Leandro Campos da Silveira Gonçalves Júnior, de 22 anos, que teria cobrado resultados do time.

No vídeo é possível ver o vereador correndo atrás do torcedor em um shopping na zona oeste do Rio de Janeiro e o torcedor caindo no chão. Em outra imagem, dá para ver Braz correndo, quando ele e o entregador caem no chão. O dirigente, então, consegue se levantar, dá chutes e um tapa no rapaz.

Veja os vídeos:

O caso aconteceu no dia 19 de setembro do ano passado. O registro vai contra a versão inicial do dirigente. O torcedor chega na loja quando a filha do vereador já tinha saído. Braz tinha dito que foi ameaçado de morte ao lado da adolescente.

O vídeo mostra ainda que o homem que acompanhava Marcos Braz no shopping também teria participado das agressões ao entregador.

Consultado, o Ministério Público informou que as imagens já foram analisadas pela Promotoria de Justiça junto ao 9º Juizado Especial Criminal da Capital, que se manifestou nos autos do processo. O MP disse ainda que as imagens não mostram agressão por parte de Leandro.

“Já no que tange a suposta ocorrência de lesão corporal e ameaça à vítima Marcos Braz, em razão de condutas imputadas ao senhor Leandro Gonçalves, não há nos autos nenhum elemento de prova consistente que indique prática delituosa por parte de Leandro, especialmente agressão física que pudesse importar em reação ou defesa dos agressores Marcos e Carlo”, disse o MP em nota.

No momento da confusão, acontecia uma votação na Câmara Municipal do Rio e o painel da casa registrava a presença do vereador. Depois da divulgação do caso, Braz levou falta e teve um desconto de R$ 567 no salário de outubro.

A CNN entrou em contato com o advogado de Marcos Braz, que informou que as imagens recentemente divulgadas apenas demonstram o que já foi mencionado nos depoimentos prestados na delegacia.

“O senhor Marcos Braz estava no shopping, com sua filha menor de idade e algumas amigas, para comprar seu presente de aniversário. Neste momento foi perseguido, por mais de uma vez, por torcedores, pertencente a uma torcida organizada, que o xingavam e ameaçavam. Em reação a esses fatos e em defesa da sua filha e suas amigas se envolveu nesta confusão. Já pedimos que se investiguem o crime de perseguição e aguardamos que os fatos sejam devidamente esclarecidos”, disse o advogado Raphael Mattos, em nota.

Já a advogada do entregador Leandro Campos informou que, em paralelo a ação que tramita pelo crime de lesão corporal, vai dar inicio ao pedido reparação por danos morais, na esfera cível.

“Embora o conteúdo seja lamentável, as imagens são capazes de demonstrar que o Leandro jamais faltou com a verdade e sempre foi vítima”, disse a advogada Ani Luizi de Oliveira.

Em nota, a Câmara do Rio informou que a presidente do Conselho de Ética, Rosa Fernandes, vai convocar uma reunião do colegiado para avaliar o caso, na volta do recesso.

A CNN aguarda retorno do Clube de Regatas do Flamengo.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.