Home Mundo Nikki Haley chama Trump de “perturbado“ e desafia-o para um debate | CNN Brasil

Nikki Haley chama Trump de “perturbado“ e desafia-o para um debate | CNN Brasil

por gustavozanfer
0 Comente
nikki-haley-chama-trump-de-“perturbado“-e-desafia-o-para-um-debate-|-cnn-brasil

A ex-governadora da Carolina do Sul Nikki Haley, a última desafiante republicana do ex-presidente Donald J. Trump, fez campanha em seu estado natal no sábado (27), onde mirou em Trump, cujas primárias consecutivas vencidas em Iowa e New Hampshire praticamente lhe garantiram a nomeação de seu partido para a Casa Branca, mas o enfureceu porque Haley se recusou a desistir.

Trump e os seus aliados iniciaram uma campanha para forçar Haley a sair da corrida e Trump ameaçou banir da sua órbita política quaisquer doadores que continuem a financiar Haley.

“Na noite da eleição, estávamos super entusiasmados. Avançamos 25 pontos nas três semanas que antecederam a eleição. E Donald Trump estava totalmente perturbado, perturbado. Ele estava um pouco sensível e acho que seus sentimentos foram feridos quando ele teve um ataque de raiva no palco, sério, teve um ataque de raiva total e estava falando sobre vingança”, disse Haley em comício.

Em resposta, disse Haley, sua campanha começou a vender camisetas que diziam “barrado permanentemente”, o que ela disse ter arrecadado US$ 1,6 milhão.

Nos últimos dias, Haley acusou o ex-presidente republicano Trump de estar confuso e questionou sua capacidade de ser presidente na sua idade. Trump cometeu recentemente alguns deslizes verbais.

Durante um discurso em 19 de janeiro, ele confundiu Haley com a ex-presidente democrata da Câmara, Nancy Pelosi. Ocasionalmente, ele pareceu falar mal e também sugeriu que o ex-presidente democrata Barack Obama ainda estava no cargo.

No comício, Haley disse novamente que Trump recentemente parecia “confuso” e disse que se ele quiser fazer um teste cognitivo, deveria debater com ela. Trump recusou-se a participar em qualquer um dos debates de nomeação republicana e recusa-se a debater com Haley.

Haley prometeu continuar fazendo campanha na Carolina do Sul e além. As primárias republicanas na Carolina do Sul serão realizadas em 24 de fevereiro.

(Produzido por Arlene Eiras)

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.