Casa Todas Noticias INB simula emergência em área de barragem de rejeitos radioativos em Caldas; ação é preventiva

INB simula emergência em área de barragem de rejeitos radioativos em Caldas; ação é preventiva

por Editor
1 visualizações

A ação tem caráter preventivo e contou com a participação de diversos órgãos externos e de ocupantes da Zona de Autossalvamento (ZAS), na Fazenda Eco Forte Bioenergia. O simulado começou às 9h e foi finalizado às 11h.

2º Simulado Externo de Emergência foi realizado na área da barragem de rejeitos da Unidade de Descomissionamento de Caldas (MG) — Foto: Marcos Corrêa

Como funciona a simulação? A intenção é simular o salto do nível de emergência de 1 para o 2. O objetivo é cronometrar o tempo de resposta da INB e dos órgãos externos a uma situação de emergência na barragem de rejeitos.

Para poder checar os aspectos propostos, foi criado um cenário hipotético em que seria identificada uma condição anormal na barragem após um temporal. Com isso, um dos operadores presentes no local aciona então a coordenadoria do Plano de Ação de Emergência, que aciona o responsável técnico da barragem de rejeitos.

A partir daí, as equipes da INB começam as movimentações para solucionar a questão. Porém, a situação se agrava e é declarado o nível 2 de emergência. Dessa forma, é ativado o fluxo de notificações e de atuações; tudo isso é cronometrado.

Para testar o deslocamento de pessoas das áreas de risco, foram acionadas sirenes na barragem de rejeitos e na zona de autossalvamento (Fazenda Eco Forte). Ao todo, o exercício durou 2 horas.

2º Simulado Externo de Emergência foi realizado na área da barragem de rejeitos da Unidade de Descomissionamento de Caldas (MG) — Foto: Marcos Corrêa

O Simulado de Emergência atende à exigência da Agência Nacional de Mineração (ANM) e faz parte do Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM), aplicável a todas as Barragens de Mineração inseridas na Política Nacional de Segurança de Barragens.

Participaram do simulado a Defesa Civil do Estado de Minas Gerais, juntamente com as coordenadorias municipais de Caldas e Poços de Caldas; o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais; a Polícia Militar de Caldas e a Fundação Estadual do Meio Ambiente – FEAM, entre outros.

Além desses, também atuaram os órgãos fiscalizadores como ANM, Comissão Nacional de Energia Nuclear – CNEN, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama.

2º Simulado Externo de Emergência foi realizado na área da barragem de rejeitos da Unidade de Descomissionamento de Caldas (MG) — Foto: Marcos Corrêa

Os eventos foram simulados na própria barragem de rejeitos, em uma sala de situação que foi preparada no prédio administrativo da unidade e na Zona de Autossalvamento. Um relatório sobre o simulado deve ser emitido pela indústria posteriormente.

Ação preventiva

A intenção foi orientar os moradores da chamada zona de autossalvamento, que considera uma distância de até 10 quilômetros da barragem, para um eventual rompimento da barragem. Na ação, moradores foram avisados por um carro de som sobre o simulado.

O evento foi usado para avaliar o tempo e ações de resposta dos responsáveis por executar o plano de emergência. Além disso, foi analisada a efetividade das etapas do planejamento para possíveis ajustes.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

CONTATOS

noticias recentes

as mais lidas

Jornal de Minas © Todos direitos reservados à Tv Betim Ltda®