Home Mundo Escombros de terremotos na Turquia contém produtos químicos altamente cancerígenos, alertam especialistas | CNN Brasil

Escombros de terremotos na Turquia contém produtos químicos altamente cancerígenos, alertam especialistas | CNN Brasil

por gustavozanfer
0 Comente
escombros-de-terremotos-na-turquia-contem-produtos-quimicos-altamente-cancerigenos,-alertam-especialistas-|-cnn-brasil

Especialistas estão preocupados com a contaminação química em Hatay, na Turquia, já que já se passou um ano desde que grandes terremotos atingiram o sul do país, matando mais de 50.000 pessoas.

No rescaldo do devastador terremoto que afetou 11 províncias da Turquia no ano passado, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento afirmou que o volume de detritos produzidos pela destruição ultrapassaria os 100 milhões de metros cúbicos.

Dezenas de edifícios em Hatay, uma das cidades mais atingidas na região, foram reduzidos a escombros. Muitos especialistas alertaram para produtos químicos perigosos presentes nos escombros e enfatizaram a necessidade de precauções.

Em setembro passado, o Sindicato Turco de Engenheiros e Arquitetos realizou inspeções ao amianto em Hatay. Eles coletaram 45 amostras de poeira de diferentes locais, incluindo áreas residenciais, superfície do solo e fauna, e detectaram amianto em 16 delas.

“O amianto, pequenas fibras que se instalam nos pulmões humanos ao longo de muitos anos, provoca cancro [tumor maligno] 15 a 20 anos mais tarde. As crianças respiram mais poeira por minuto do que nós. Então, você pode imaginar que se esta poeira contiver amianto, os nossos filhos poderão ter de passar sua juventude lutando contra o câncer, e isso é profundamente preocupante”, disse Ali Kanatli, coordenador da Associação Médica Turca.

Ecevit Kalkan, advogado da Ordem dos Advogados de Hatay, partilha a frustração de muitos residentes relativamente à má gestão dos locais de armazenamento de detritos, com pouco cuidado ou consideração por detrás das decisões sobre onde despejar os detritos.

Kalkan está preocupado com a possibilidade de ser um dos milhões que poderão adoecer devido ao impacto prejudicial dos produtos químicos nesta área.

“Infelizmente, estas áreas selecionadas ficavam muitas vezes perto de estradas, ao lado de campos agrícolas e até em cima de olivais. Assistimos ao despejo de detritos nestas áreas, e a única razão por detrás disso foi obter um lucro rápido e ganhar dinheiro com vidas humanas”, disse Kalkan.

Prédios inteiros desabaram durante terremoto que atingiu o sul da Turquia / Erhan Demirtas/NurPhoto via Getty Images

Alguns especialistas, incluindo Kalkan, acreditam que as ações da Turquia terão consequências de longo alcance na região.

“Não há mais despejos aqui, mas mesmo remover o que já está aqui levará anos. Deveria ficar aqui? Seria extremamente errado que ficasse aqui porque estamos praticamente no meio do Mediterrâneo, e poluir o Mediterrâneo é um crime para todos os países que fazem fronteira com ela. A Turquia será processada internacionalmente pelas atividades que realizou”, disse Kalkan.

Os efeitos prejudiciais dos terremotos sobre a saúde humana levarão anos a tornar-se evidentes.

Os especialistas alertam que Hatay, que hoje é sinônimo de terremoto, também se tornará sinônimo de câncer causado pelo amianto dentro de 15 ou 20 anos.

(Com informações da Televisão Central da China (CCTV))

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.