Home Brasil Escalada da violência na Baixada Santista faz São Vicente adiar Carnaval | CNN Brasil

Escalada da violência na Baixada Santista faz São Vicente adiar Carnaval | CNN Brasil

por joaonakamura
0 Comente
escalada-da-violencia-na-baixada-santista-faz-sao-vicente-adiar-carnaval-|-cnn-brasil

Com a escalada da violência na região da Baixada Santista, a cidade de São Vicente adiou as comemorações do Carnaval de 2024.

Em portaria publicada no boletim do município na sexta-feira (9), a prefeitura afirma que a decisão foi tomada tendo em vista “os últimos acontecimentos envolvendo a segurança pública” da região, e tendo em vista a “preservação e integridade dos foliões e organizadores de blocos e bandas carnavalescas”.

A Secretária de Turismo não informou quando as atividades seriam retomadas.

Após a morte do soldado Marcelo Augusto da Silva no final de janeiro, na Baixada Santista, a Polícia Militar do Estado de São Paulo anunciou uma nova Operação Escudo na região.

No dia 2 de fevereiro, a operação entrou em uma nova fase com a morte do soldado Samuel Wesley Cosmo, integrante do 1º Batalhão de Polícia de Choque, que abriga os membros das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar, a Rota.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), dez policiais foram atacados e 14 suspeitos foram mortos até o momento com a nova fase da operação.

Confira íntegra da portaria

“PORTARIA Nº 02/2024

PAULO BONAVIDES, Secretário de Turismo e Presidente da Comissão de Carnaval 2024, no uso de suas atribuições legais, Considerando a preservação e integridade dos foliões e organizadores de blocos e bandas carnavalescas; Considerando os últimos acontecimentos envolvendo a segurança pública no Município de São Vicente e na região da Baixada Santista; Considerando que o Carnaval representa uma expressão cultural que se caracteriza pela confluência de alegria e entretenimento e, os foliões e seus familiares merecem um ambiente permeado predominantemente pela alegria; Considerando a análise e questionamentos da Liga Carnavalesca de Blocos e Bandas Vicentina representada pelo seu presidente Marcos Ramos e seu procurador legal Reinaldo Mancuso Junior, de garantir o direito das bandas e blocos; Considerando a manifestação orgânica acerca do adiamento dos Blocos e Bandas: “Banda do Marlon”, “Ruazinha”, “Olha Elas”, “Manas e Monas”, “Banda do Glitter”, “Banda Vai que Vira”; RESOLVE:

I- ADIAR a realização dos eventos carnavalescos das bandas e blocos de rua na Cidade de São Vicente.

Registre-se e cumpra-se.

São Vicente, Cidade Monumento da História Pátria, Cellula Mater da Nacionalidade, em 09 de Fevereiro de 2024.

MÁRIO SANTANA NETO
Secretário Executivo
PAULO BONAVIDES
Secretário de Turismo e Presidente da Comissão de Carnaval 2024
MARCOS RAMOS
Liga Carnavalesca de Blocos e Bandas Vicentina
REINALDO MANCUSO JUNIOR
Advogado”

*Sob supervisão de Lígia Tuon

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.