Home Mundo Egito reforça segurança na fronteira à medida que ofensiva em Rafah avança | CNN Brasil

Egito reforça segurança na fronteira à medida que ofensiva em Rafah avança | CNN Brasil

por elizabethmatravolgyi
0 Comente
egito-reforca-seguranca-na-fronteira-a-medida-que-ofensiva-em-rafah-avanca-|-cnn-brasil

O Egito enviou cerca de 40 tanques e veículos blindados de transporte de pessoal para o nordeste do Sinai nas últimas duas semanas, parte de uma série de medidas para reforçar a segurança na fronteira com Gaza, disseram duas fontes de segurança egípcias.

O destacamento ocorreu antes da expansão das operações militares israelenses em torno da cidade de Rafah, ao sul de Gaza, onde grande parte da população buscou segurança, aumentando os temores egípcios de que os palestinos possam ser forçados a sair em massa do enclave.

Aviões de guerra israelenses atacaram Rafah, que fica ao lado da fronteira, nesta sexta-feira, e o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ordenou que o Exército se preparasse para retirar as pessoas deslocadas.

Desde o início da guerra entre Israel e o Hamas, em 7 de outubro, o Egito construiu um muro de concreto na fronteira coberto por arame farpado. Também aumentou a vigilância nos postos de fronteira, disseram as fontes de segurança.

No mês passado, o serviço estatal de informações do Egito detalhou algumas das medidas tomadas em sua fronteira em resposta às sugestões israelenses de que o Hamas teria obtido armas contrabandeadas do Egito, e acrescentou que três linhas de barreiras tornam qualquer contrabando terrestre ou subterrâneo impossível.

O Egito e Israel estão em paz há mais de quatro décadas e, nos últimos anos, ampliaram os laços por meio de exportações israelenses de gás natural e da coordenação de segurança em torno da fronteira comum e da Faixa de Gaza.

Os dois países mantiveram um bloqueio em Gaza, limitando estritamente o movimento de pessoas e mercadorias através de suas fronteiras após o Hamas assumir o controle em 2007.

Mas relacionamento ficou sob tensão devido à atual operação militar de Israel, desencadeada em retaliação a um ataque do Hamas a Israel em 7 de outubro.

O Egito tem repetidamente alertado sobre a possibilidade de a ofensiva de Israel deslocar habitantes de Gaza desesperados para o Sinai, ao mesmo tempo em que se irrita com as sugestões de Israel de que retomaria o controle total do corredor de fronteira entre Gaza e o Egito para garantir a desmilitarização do território palestino.

(Reportagem de Ahmed Mohamed Hassan, Aidan Lewis e Dan Williams; Reportagem adicional de Henriette Chacar)

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.