Home Brasil De scooter a tampa de vaso sanitário: veja itens esquecidos no metrô e trens de SP | CNN Brasil

De scooter a tampa de vaso sanitário: veja itens esquecidos no metrô e trens de SP | CNN Brasil

por fabiomunhoz
0 Comente
de-scooter-a-tampa-de-vaso-sanitario:-veja-itens-esquecidos-no-metro-e-trens-de-sp-|-cnn-brasil

O setor de achados e perdidos da concessionária ViaMobilidade recebeu 28.544 itens ao longo de todo o ano passado. A empresa é responsável pela operação das linhas 5-lilás do metrô e 8-diamante e 9-esmeralda do trem de São Paulo.

Na comparação com o ano anterior, houve um aumento de 9,12% no volume de itens levados ao achados e perdidos. Em todo o ano de 2022, o setor recebeu 26.156 objetos.

Do total de itens esquecidos na área sob responsabilidade da ViaMobilidade no ano passado, 19.217 foram nas linhas 8 e 9 e 9.327 na linha 5-lilás.

Segundo a empresa, somente 8% dos pertences são recuperados pelos donos. Apesar de o percentual ser baixo, a ViaMobilidade informa que a quantidade de devoluções aumentou em relação a 2022, passando de 2.157 para 2.258 –uma alta de 4,68%.

Segundo a concessionária, os itens que são encaminhados ao setor de achados e perdidos com maior frequência são roupas, carteiras, documentos e cartões bancários e de transporte.

Objetos inusitados

Além dos itens frequentemente deixados para trás pelos passageiros, a concessionária já recebeu diversos itens inusitados no departamento de achados e perdidos. Veja alguns:

  • Air fryer
  • Banjo (instrumento musical)
  • Dentadura
  • Escada com 2 metros de altura
  • Carrinho de rolimã
  • Tábua de passar roupa
  • Carrinho de bebê
  • Scooter elétrica
  • Barraca de acampamento
  • Panela
  • Placa de energia solar
  • Enxada
  • Ventilador
  • Tampa de vaso sanitário
  • Furadeira
  • Base para galão de água
  • Máquina registradora
  • Pneu de bicicleta

O que é feito quando o dono não aparece

De acordo com a ViaMobilidade, os itens levados ao achados e perdidos ficam guardados por 90 dias.

Passado esse período, os objetos que não forem buscados pelos donos e que estejam em bom estado são doados para ONGs. Documentos e cartões são destruídos.

Onde ficam as centrais de achados e perdidos

  • Linha 5-lilás: Estação Adolfo Pinheiro (avenida Adolfo Pinheiro, 301, Santo Amaro)
  • Linhas 8-diamante e 9-esmeralda: Estação Osasco (acesso pela Praça Antônio Menck, s/nº ou pela Rua Erasmo Braga, s/nº, no Centro)

(Publicado por Fábio Munhoz)

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.