Home Mundo CIA tenta recrutar agentes duplos na Rússia com novo vídeo | CNN Brasil

CIA tenta recrutar agentes duplos na Rússia com novo vídeo | CNN Brasil

por marianacatacci
0 Comente
cia-tenta-recrutar-agentes-duplos-na-russia-com-novo-video-|-cnn-brasil

A Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos (CIA) lançou um vídeo em russo para tentar persuadir funcionários da inteligência russa a mudar de lado e trabalhar como agentes duplos para Washington.

O diretor da CIA, William Burns, disse em julho que o descontentamento de alguns russos com a guerra na Ucrânia estava criando uma rara oportunidade de recrutar espiões, e que a CIA não estava deixando passar essa chance.

O vídeo, lançado no canal oficial da CIA no X, tenta apelar para o que sugere serem russos patriotas que trabalham na comunidade de inteligência e que podem se sentir traídos pelo que chamou de corrupção nos círculos de elite e pela maneira ruim como as Forças Armadas russas são equipadas e abastecidas.

“As pessoas ao seu redor talvez não queiram ouvir a verdade. Mas nós queremos. Você não é impotente”, diz o vídeo, o mais recente de uma série de vídeos de recrutamento voltados para a Rússia, antes de detalhar as maneiras de entrar em contato com a CIA.

Acompanhado por uma música clássica melancólica, o personagem fictício principal do vídeo é um funcionário de 35 anos da agência de inteligência militar da Rússia, sem nome, que se apresenta como um patriota que ama a Rússia e que já serviu como paraquedista.

“Será que tenho coragem suficiente para enfrentar essa traição?”, diz ele no vídeo, antes de afirmar que percebeu que o verdadeiro inimigo está dentro da Rússia, na forma de uma liderança e uma elite corruptas.

“A alta liderança vendeu o país em troca de palácios e iates em um momento em que nossos soldados estão mastigando batatas podres e atirando com armas pré-históricas. Nosso povo é forçado a dar subornos para simplesmente encontrar trabalho”, diz o homem, enquanto videoclipes de um inverno russo desolador são intercalados com imagens de limusines oficiais de alto padrão e russos ricos fazendo brindes.

O personagem fictício afirma que seu patriotismo o estimulou a agir e trabalhar com a CIA, e a cena final do vídeo mostra um homem bem vestido entrando em contato com a CIA por telefone celular em um pátio coberto de neve.

Kremlin minimiza vídeo

O Kremlin afirma que tudo é feito para garantir que os militares russos tenham o equipamento necessário para serem bem-sucedidos no que Moscou chama de “operação militar especial” na Ucrânia. O governo russo rejeitou como falsas várias alegações de corrupção e deu de ombros para o vídeo.

“Sabe, essa prática é bastante comum, as agências de inteligência em todo o mundo usam com frequência a mídia e as redes sociais para recrutar novos funcionários. E elas fazem isso o tempo todo, a CIA faz isso todos os anos”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, nesta terça-feira (23).

Peskov sugeriu que a CIA cometeu um erro ao divulgar o vídeo no X, anteriormente conhecido como Twitter, que é proibido na Rússia e só pode ser acessado por meio de uma rede privada virtual, muitas das quais também são proibidas.

“Alguém precisa dizer à CIA que em nosso país (a rede social russa) VKontakte é muito mais popular do que o proibido X. E que o público do VKontakte é muito maior”, disse Peskov.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.