Home Brasil Caso Marielle será esclarecido e tudo indica que não demorará, diz Cappelli | CNN Brasil

Caso Marielle será esclarecido e tudo indica que não demorará, diz Cappelli | CNN Brasil

por carolinagomes
0 Comente
caso-marielle-sera-esclarecido-e-tudo-indica-que-nao-demorara,-diz-cappelli-|-cnn-brasil

O secretário-executivo do Ministério da Justiça, Ricardo Cappelli, comentou o avanço nas investigações em relação ao duplo assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, que aconteceu em março de 2018.

“O que faltou durante os últimos anos foi vontade política. Em pouco mais de um ano, com a ação técnica e determinada da Polícia Federal, sempre com todo apoio do Ministério da Justiça, o inaceitável assassinato de Marielle e Anderson será esclarecido. E tudo indica que não demorará”, comentou.

Capelli ainda responde como número dois do ministério da Justiça. Pelo menos até fevereiro, quando o cargo passará a ser ocupado por Manoel Carlos, que já aceitou o convite do novo ministro, Ricardo Lewandowski.

O assassinato de Marielle Franco completará seis anos em 14 de março. O inquérito, segundo a Polícia Federal, está em fase de avanço nas investigações.

O diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues, afirmou à CNN na semana passada que pretende concluir o inquérito até abril. Por se tratar de um caso sigiloso, a força policial não informou se já chegou a um mandante do crime.

Em dezembro do ano passado, o então ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, também já havia dito que o caso seria “integralmente elucidado” e “em breve”.

“Quero reiterar e cravar: não tenho dúvida de que o caso Marielle em breve será integralmente elucidado. É um caso fundamental pelo simbolismo de defesa das mulheres, das mulheres da política e, portanto, da política”, ressaltou o ministro ao fazer um balanço das ações do ministério ao longo de 2023.

Em 22 de fevereiro passado, a Polícia Federal abriu novo inquérito para investigar o caso por determinação de Dino. “Nós tivemos uma determinação do presidente Lula no sentido de a PF atuar no caso”, relembrou Dino. O ministro se reuniu com as autoridades do Rio de Janeiro, sobretudo do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), e houve a conclusão que a colaboração era bem-vinda.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.