Home Brasil Bloco da Pabllo: Polícia Militar atende 93 pessoas por abuso no álcool ou excesso de calor | CNN Brasil

Bloco da Pabllo: Polícia Militar atende 93 pessoas por abuso no álcool ou excesso de calor | CNN Brasil

por guilhermegama
0 Comente
bloco-da-pabllo:-policia-militar-atende-93-pessoas-por-abuso-no-alcool-ou-excesso-de-calor-|-cnn-brasil

A Polícia Militar do Estado de São Paulo atendeu 93 pessoas no corredor de segurança no trio do Bloco da Pabllo, no Ibirapuera, por abuso de álcool e excesso de calor, neste domingo (11). Com o forte calor a apresentação foi interrompida por volta das 16h.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura, no início da tarde, com tempo ensolarado, a temperatura média na capital era de 30°C, com umidade relativa do ar na casa dos 50%. Os termômetros da avenida Pedro Álvares Cabral entre o Obelisco e o Monumento das Bandeiras marcavam 35°C.

Segundo a PM, após o atendimento, as pessoas foram liberadas no local e não houve necessidade de atendimento hospitalar. Há relatos de que pessoas que estavam próximas ao trio passaram mal e precisaram de atendimento médico.

Bloco da Pabllo interrompido

À CNN, a assessoria da Pabllo Vittar informou: “Em função do calor que fez hoje na cidade de SP, e com a multidão reunida para o bloco, a artista tomou a decisão de pausar o trio após avistar algumas pessoas passando mal e cedeu a corda para facilitar o trabalho do corpo de bombeiros, e só voltou com a situação normalizada.”
Pabllo Vittar chegou ao bloco às 12h40 e seu show começou às 14h30. Desde às 11h, no entanto, centenas de foliões já estavam reunidos nos arredores do Parque Ibirapuera, zona sul da cidade, à espera da apresentação da cantora.

Empresas patrocinadoras do Carnaval organizaram a distribuição de chapéus e leques para amenizar o calor acima dos 30°C. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) também organizou um espaço para ofertar água potável para os foliões.

Para tentar aproveitar a festa com mais tranquilidade, muitos foliões foram ao bloco com roupas mais leves, fantasias coloridas, chapéus e até itens de banho como sunga, maiô e biquíni. Também levaram acessórios como leques, chapéus e bonés. Além de bebidas vendidas no local, muitos também não dispensaram as garrafas de água.

*Com informações do Estadão Conteúdo

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.