Home Mundo Biden recebe nesta sexta (2) restos mortais de soldados dos EUA atacados na Jordânia | CNN Brasil

Biden recebe nesta sexta (2) restos mortais de soldados dos EUA atacados na Jordânia | CNN Brasil

por Leo Lopes
0 Comente
biden-recebe-nesta-sexta-(2)-restos-mortais-de-soldados-dos-eua-atacados-na-jordania-|-cnn-brasil

Com o testemunho do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, os restos mortais dos três soldados norte-americanos mortos em um ataque de drone de fabricação iraniana em uma base na Jordânia chegam aos Estados Unidos nesta sexta-feira (2).

Os três soldados americanos mortos no último domingo foram William Jerome Rivers, 46; Kennedy Ladon Sanders, 24; e Breonna Alexsondria Moffett, 23.

Biden se juntará às famílias dos mortos na Base Aérea de Dover, em Delaware, para o que a Força Aérea dos EUA chama de “transferência digna” de restos mortais.

A primeira-dama Jill Biden se juntará ao presidente junto com o secretário de Defesa Lloyd Austin e o general da Força Aérea Charles Q. Brown, presidente do Estado-Maior Conjunto.

A Casa Branca disse que os Bidens se encontrarão na base com familiares dos soldados mortos antes da cerimônia. Ele ofereceu suas condolências às famílias em um telefonema na terça-feira.

Os restos mortais são normalmente transportados para Dover a bordo de um avião de carga C-17.

Trabalhando com solene precisão, uma equipe de soldados transportará os caixões da área aberta do avião para as vans funerárias cinzas, enquanto as famílias e a comitiva presidencial observam.

Os pais de Sanders, de 23 anos, compartilharam um vídeo da ligação de Biden com a mídia local.

“Eu sei que não há nada que alguém possa dizer ou fazer para aliviar a dor, eu estive lá”, disse Biden, contando a morte de sua primeira esposa, da filha pequena e do filho adulto, Beau.

O ataque de drones por militantes apoiados pelo Irã contra o posto avançado americano na Jordânia, conhecido como Tower 22, também feriu mais de 40 pessoas.

Biden disse na terça-feira que já decidiu como responderá. A expectativa é que haja ataques de retaliação, mas o momento da resposta não é claro.

Um ataque ao território iraniano em si não parecia provável depois que a Casa Branca disse que Biden não quer uma guerra com o Irã.

Os Estados Unidos avaliaram que o Irã fabricou o drone usado no ataque, disseram quatro autoridades norte-americanas à Reuters.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Estamos em construção…

categorias noticias

noticias recentes

as mais lidas

JM – Jornal de Minas© Todos direitos reservados.