Casa Mundo Biden desembarca na França para comemorações dos 80 anos do Dia D e reunião com Macron | CNN Brasil

Biden desembarca na França para comemorações dos 80 anos do Dia D e reunião com Macron | CNN Brasil

por pedroz
9 visualizações
biden-desembarca-na-franca-para-comemoracoes-dos-80-anos-do-dia-d-e-reuniao-com-macron-|-cnn-brasil

O presidente americano Joe Biden desembarcou na França nesta quarta-feira (5) para comemorar o 80º aniversário do Dia D em uma viagem destinada a enfatizar seu compromisso com os aliados dos Estados Unidos na Europa e contrastar sua visão de democracia com a de seu oponente político de 2024, Donald Trump.

Biden passará cinco dias na França e participará das celebrações do Dia D na Normandia, onde as forças dos EUA e aliadas invadiram as praias francesas em um ataque que ajudou a derrotar a Alemanha nazista na Segunda Guerra Mundial, além de fazer um discurso e realizar uma reunião formal com o Presidente Emmanuel Macron.

Enquanto estiver na Normandia, Biden se reunirá para conversações com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, sobre o esforço de guerra para repelir os russos, disse o conselheiro de segurança nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, aos repórteres a bordo do voo presidencial para Paris.

Os comentários de Biden na Normandia, tanto na quinta-feira (6) na cerimónia formal do 80º aniversário como na sexta-feira (7) nas famosas falésias de Pointe du Hoc, irão se concentrar na necessidade de enfrentar os ditadores, disse Sullivan.

Biden estabelecerá uma ligação desde a Segunda Guerra Mundial, passando pela Guerra Fria e pela criação da aliança da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), até aos dias de hoje, “onde enfrentamos mais uma vez a guerra na Europa, onde a OTAN se reuniu para defender a liberdade e a soberania”.

No que promete ser um momento emocionante, Biden conhecerá os idosos veteranos que participaram da invasão do Dia D.

O porta-voz de segurança nacional da Casa Branca, John Kirby, disse que o uso potencial de cerca de US$ 300 bilhões em ativos russos congelados para ajudar a Ucrânia seria discutido por Biden e Macron durante a visita.

Biden, um democrata, está concorrendo à reeleição em novembro contra Trump, um republicano, e fez da preservação e do fortalecimento da democracia dos EUA uma parte fundamental de sua campanha após os caóticos quatro anos de mandato de Trump.

Trump se recusou a aceitar os resultados das eleições de 2020, que desencadearam um ataque mortal ao Capitólio dos EUA por parte dos seus apoiadores em 6 de janeiro de 2021; ele prometeu perseguir adversários políticos, deportar imigrantes e punir denunciantes num segundo mandato.

Trump ameaçou abandonar os aliados da OTAN se estes não reforçarem os seus gastos com a defesa e alguns temem que ele retire totalmente os Estados Unidos da aliança se for novamente eleito presidente.

A mensagem de Biden sobre a democracia pode ser complicada pelo seu firme apoio ao primeiro-ministro israelense, Netanyahu, na guerra de Israel contra o Hamas em Gaza, que matou dezenas de milhares de palestinos, depois de o Hamas ter atacado Israel em Outubro do ano passado.

O Tribunal Penal Internacional acusou Netanyahu de crimes de guerra e alguns aliados internacionais e eleitores de esquerda nos Estados Unidos querem que Biden interrompa o fluxo de ajuda militar dos EUA para Israel. A questão pode prejudicar Biden em estados-chave, incluindo Michigan, nas eleições de novembro.

As comemorações do Dia D têm como pano de fundo um conflito moderno na Europa, a guerra de mais de dois anos da Rússia com a Ucrânia.

Em uma arrecadação de fundos políticos antes de sua viagem, Biden classificou a invasão do Dia D como “um dos momentos mais importantes na história da defesa da liberdade e da democracia na história do mundo” e disse que os sacrifícios daquele dia não devem ser abandonados. .

“A democracia está literalmente nas urnas este ano. O futuro da democracia e da liberdade está em jogo. Temos soldados corajosos que deram suas vidas nas praias da Normandia e que fizeram a sua parte”, disse ele aos doadores em Connecticut na segunda-feira.

você pode gostar

SAIBA QUEM SOMOS

Somos um dos maiores portais de noticias de toda nossa região, estamos focados em levar as melhores noticias até você, para que fique sempre atualizado com os acontecimentos do momento.

CONTATOS

noticias recentes

as mais lidas

Jornal de Minas © Todos direitos reservados à Tv Betim Ltda®